RCA Records e Legacy Recordings celebram o 20º aniversário de “Stripped”, de Christina Aguilera, com edição digital de luxo, disponível nesta sexta

por Luciana Biano

O videoclipe de “Beautiful (versão 2022)”, dirigido por Fiona Jane Burgess, estreia nesta quarta-feira, 19 de outubro

https://christinaaguilera.lnk.to/Stripped20

A RCA Records e Legacy Recordings, divisões de catálogo da Sony Music Entertainment, irão comemorar o 20º aniversário do “Stripped”, de Christina Aguilera, com o lançamento de uma edição digital de luxo, disponível em todos os aplicativos de música digital nesta sexta-feira, 21 de outubro.

A esperada edição de luxo da RCA/Legacy do 20º aniversário do álbum apresenta uma nova capa e faixas bônus, incluindo o pioneiro remix de 2022 do DJ/produtor italiano Benny Benassi da faixa “Beautiful”. O álbum estará disponível no modo padrão e, pela primeira vez, em Dolby Atmos e mixagem 360RA, proporcionando uma experiência sonora imersiva para os fãs.

“Beautiful”, a faixa de destaque de Christina no “Stripped”, terá um novo videoclipe, dirigido pela premiada cineasta britânica Fiona Jane Burgess, que estreará na quarta-feira, 19 de outubro, no canal do YouTube da Cristina. O vídeo “Beautiful (2022 Version)” explora a mensagem de autoaceitação, autoestima e empoderamento pessoal através de vinhetas de jovens modernos lidando com o impacto das mídias sociais, da tecnologia em suas vidas privadas e interações no mundo real. Uma crítica visual provocativa da cultura online e das inseguranças que isso produz, o novo vídeo “Beautiful” adota uma abordagem artística e simbólica de questões delicadas e complexas que envolvem as percepções contemporâneas da beleza.

Burgess ganhou inúmeros prêmios, incluindo um Prêmio Silver Young Director no Cannes Lions de 2019, o prêmio de Melhor Publicidade no Aesthetica Short Film Festival de 2021 e um lugar na lista dos 10 melhores diretores da Campaign de 2021. Feminista orgulhosa, Burgess se interessa por projetos que empoderam as mulheres e provocam o debate. Além de fazer filmes, ela faz workshops regulares em uma unidade psiquiátrica para adolescentes, como facilitadora de teatro e artes, e é defensora da maior conscientização sobre saúde mental.

Originalmente lançado em 22 de outubro de 2002 pela RCA Records, “Stripped”, o quarto álbum de estúdio de Christina, mostra a artista assumindo o controle criativo total de seu som e estilo, conduzindo sua imagem e carreira de ídolo adolescente para uma artista consolidada, voz do empoderamento feminista e dos excluídos, que ainda domina as paradas e entrega uma mensagem de libertação psíquica. Com produção executiva de Christina Aguilera, “Stripped” marcou uma nova direção criativa para a artista, compondo em conjunto a maioria das músicas, muitas das quais abordam questões de autoestima e identidade de gênero. O segundo single do álbum, “Beautiful”, é uma celebração universal da beleza interior e se tornou um hino para a comunidade LGBTQIA+.

Uma obra-prima inovadora com uma diversidade musical perfeita, “Stripped” fez uma fusão da base de pop e R&B com elementos de soul, rock, hip hop, flamenco e música latina. Christina entregou as músicas com um virtuosismo vocal estratosférico que tocou o coração do mundo. “Stripped” estreou como nº 2 na Billboard 200 dos Estados Unidos (com vendas de 330 mil cópias na primeira semana) e foi certificado 5X Multiplatina pela Associação da Indústria Fonográfica dos EUA (RIAA). O álbum alcançou o Top 5 no Canadá, Holanda, Irlanda, Nova Zelândia e Reino Unido, onde foi o álbum de melhor performance de Christina na região. “Stripped” gerou cinco indicações ao Prêmio Grammy, e “Beautiful” levou para casa o troféu de Best Female Pop Vocal Performance em 2004. O álbum vendeu mais de 12 milhões de cópias em todo o mundo, tornando-se um dos mais vendidos do século 21. Cinco singles foram lançados a partir dele: “Dirrty” (com Redman), “Beautiful”, “Fighter”, “Can’t Hold Us Down” (com Lil’ Kim) e “The Voice Within”. Christina apresentou o Prêmio Europeu de Música da MTV de 2003, onde ganhou o prêmio de Best Female. A Billboard nomeou Christina Aguilera como a Top Female Pop Act de 2003.

Com o “Stripped” comemorando seu 20º aniversário, a RIAA certificou o álbum como 5X Multiplatina e também premiou as singles do álbum: “Fighter” (single 2X Multiplatina), “Dirrty” (com Redman) (single de Ouro e Platina) e “Beautiful” (single 2X Multiplatina).

Christina Aguilera – “Stripped (Edição do Aniversário de 20 anos)”:

  1. Introdução do “Stripped”
  2. Can’t Hold Us Down (com Lil’ Kim)
  3. Walk Away
  4. Fighter
  5. Primer Amor Interlude
  6. Infatuation
  7. Loves Embrace Interlude
  8. Loving Me 4 Me
  9. Impossible
  10. Underappreciated
  11. Beautiful
  12. Make Over
  13. Cruz
  14. Soar
  15. Get Mine, Get Yours
  16. Dirrty (com Redman)
  17. Stripped, Pt. 2
  18. The Voice Within
  19. I’m OK
  20. Keep on Singin’ My Song

Faixas bônus − Digital Edition

  1. I Will Be (lado B de “Dirrty”)
  2. Beautiful (Remix de Benny Benassi)

POR: Perfexx

Related Posts

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.