O mural foi pintado com as cinzas de florestas brasileiras

Neste ano, o stand da Mix, a mais completa plataforma de entretenimento do Brasil, tem, na entrada do seu stand no Rock in Rio, um mural produzido pelo reconhecido grafiteiro, o artivista Mundano.


Utilizando técnicas especiais e ligadas à sustentabilidade, o mural foi feito com cinzas de nossas florestas somada a um verniz fosco à base de água trazendo mais arte e sustentabilidade para o local. “Imagina como seria se a preservação ambiental fosse como a música: uma paixão nacional. Milhares de pessoas colando na grade pra ver a nossa Amazônia preservada, a mata atlântica sendo restaurada, o pantanal protegido, a caatinga e o pampa reconhecidos e o cerrado sendo muito amado”, conta Mundano.

A obra de arte foi feita em escalas de cinza e contou com a assistência do artista André Firmiano e com a presença do produtor de Mundano André Libério. Com o conceito “Juntos pela Preservação Ambiental”, Mundano traz como referência visual dezenas de fotos do público, apaixonados pelo Rock in Rio, que gosta de ver seus ídolos bem de pertinho. “Muitos deles carregando pequenas faixas que expressam seu amor e a sua banda preferida. Mas e se a Amazônia fosse a diva? Maria Atlântica fosse o novo hit? Pantanal o novo galã?”, questiona o artivista.

Mais uma vez, a Mix faz uma grande cobertura com detalhes e transmissão de shows ao longo da programação, e além disso, pela primeira vez, fará lives com comentários e análises dos shows no YouTube, Facebook e Tik Tok.

Neste ano o Rock in Rio traz a tendência para Palco Mundo, que será o primeiro palco 100% reciclado e 100% eternamente reciclável. Serão necessárias mais de 175 toneladas de aço manufaturado para montagem da cenografia com mais de 100 metros lineares de largura e uma altura equivalente a um edifício de 10 andares.


Sobre a MIX FM

A Mix FM é a mais completa plataforma de música e entretenimento do Brasil, tem seu conteúdo voltado para o público jovem/adulto, sendo 62% da classe AB, e está no ar há mais de 25 anos, desde 1º de novembro de 1996. 

Líder de uma rede nacional em FM, a Mix SP é conhecida por programas como: MixTudo, Top Mix, No Break, Baú da Mix, Mix News, entre outros. A rádio pertence ao Grupo Mix de Comunicação, atualmente possui 39 emissoras afiliadas em todo o Brasil, estando presente em mais de 700 cidades com público potencial de mais de 12 milhões de pessoas. Produz mais de 20 Podcasts originais, com conteúdos que vão de entretenimento a notícias, somando mais de 30 mil reproduções. O app da Mix tem mais de 2 milhões de instalações, e com 3 milhões mensais de plays, e 10 mil usuários simultâneos das 08 às 19 horas, a Mix ocupa o primeiro lugar no ranking da Triton Digital,  a empresa líder global em aferição de áudio streaming.

Além dos conteúdos sobre música e entretenimento, possui conteudistas que tratam de temas como investimentos, games, criatividade e inovação. Promove e realiza mais de 90% dos shows nacionais e internacionais de artistas do Pop e do Rock no país, incluindo eventos de impacto mundial como Rock in Rio, Lollapalooza, Primavera Sound, The Town, dentre outros, além de contar com atrações próprias como: Avião da MIX, Navio da MIX, entre outros.

Sobre Mundano

Mundano nasceu em São Paulo, em 1986, onde vive e trabalha. É um ​artivista reconhecido internacionalmente por seu graffiti “paporreto”, seja no espaço público, ou em mais de 320 carroças dos catadores de materiais recicláveis. O grafiteiro e ativista procura questionar conceitos e comportamentos dos cidadãos e das autoridades através de intervenções que carregam em sua maioria frases de impacto inspiradas no contexto local. A preservação do meio ambiente e os direitos humanos universais são a base de seu ativismo que transcende as tintas.

Entre as exposições nacionais e internacionais das quais participou estão as individuais “Carudo”, no Espaço Kabul (São Paulo, 2009), e “Vozes mundanas”, na Emmathomas Galeria (São Paulo, 2018); e as coletivas “Parangolé no Brasil”, no Centro Cultural de Embu das Artes (São Paulo, 2006), e “Festival van de Gelijkheid” (Gehnt, Bélgica, 2017).

Mundano foi recipiente do “Prêmio Brasil Criativo – Artes Visuais” (2014); “Ashoka Fellow” (2016); “Grand Prize Third International Public Art Award” (Hong Kong, 2017); e “Grand Prize Netexplo Digital Innovation Award” (Paris, 2018).

POR: Mr da Vinci

Foto: Equipe Mix

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Categorias
[instagram-feed feed=1]