Com 130 vagas, projeto terá início em outubro e contará com aulas de esportes eletrônicos e curso de programação

O AfroGames, criado em parceria com o Grupo Cultural AfroReggae anuncia seu quarto núcleo, agora no Morro do Estado em Niterói (RJ), com patrocínio da Enel Brasil, companhia de eletricidade que atende o Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, via lei de incentivo de ICMS. As inscrições estão abertas a partir do dia 15/09, e os interessados devem ter no mínimo 12 anos. Os menores de idade deverão estar acompanhados por um adulto responsável e deverão apresentar CPF, RG e comprovante de residência. As matrículas só poderão ser feitas presencialmente nos núcleo do projeto, que fica na Rua Padre Anchieta 168 / Travessa Alberto Pury de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30 e se encerram assim que alcançar o número limite de vagas. As aulas terão início em agosto de 2022 e contará com cursos de programação de jogos, Valorant, League Of Legends e Free Fire.

Com a nova unidade, mais 130 jovens moradores de favela terão acesso a programas educacionais que visam aumentar as possibilidades de vida dos participantes a longo prazo. Para William Reis, Diretor Executivo do AfroReggae, a nova unidade no município de Niterói apresenta mais um passo importante do na busca de incluir as favelas no mundo dos games, e ainda destaca a importância de grandes parceiros que acreditam no AfroGames. “Estamos felizes em anunciar a inauguração de mais uma nova unidade do nosso projeto que vem mudando a cara das favelas no Rio de Janeiro. Chegou a vez de Niterói ter sua sede do AfroGames para capacitar e ajudar os jovens talentos das favelas. Quero agradecer de todo coração a Enel e a Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, nossos parceiros nessa nova unidade do projeto. Sem eles esse sonho não poderia ser realizado.” explica William.

O projeto foi criado em 2019, com o objetivo de capacitar e profissionalizar os jovens moradores de favela para atuarem no mercado dos eSports. O projeto passa atender agora a 500 alunos em suas quatro unidades e, além da Enel, conta com o patrocínio da IHS, Ambev, da Secretaria Estadual de Esporte do Rio de Janeiro e da Secretaria de Cultura Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, copatrocínio do GE, Globo Rio e Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, apoio da GOL, Player 1,Warrior, Kingston, HyperX e DT3.


 Para mais informações, siga as redes sociais do AfroGames no InstagramTwitter e no canal da Twitch.
 

Serviço

Endereço:.Rua Padre Anchieta 168 / Travessa Alberto Pury – Niterói – RJ

Data: Segunda a Sexta, das 8h30 às 17h30

Vagas: 130

Sobre o AfroGames

Criado em 2019, AfroGames com foco em inclusão digital e impacto social, focado em jovens em situação de vulnerabilidade, moradores de favelas cariocas. O projeto é fruto da parceria entre o Grupo Cultural AfroReggae e a Chantilly Produções e tem como objetivo principal utilizar a educação e a tecnologia como estratégias para transformação social e geração de renda por meio da criação do primeiro time profissional de eSports dentro de uma favela no mundo e de um centro de cultura gamer e esportes eletrônicos que forma profissionais com alto potencial competitivo em diferentes segmentos.
 

Sobre a Enel

Empresa multinacional e um dos principais players integrados dos mercados globais de energia e gás. A Enel trabalha para conectar empresas, pessoas e países inteiros à energia. Presente em 31 países, espalhados por cinco continentes e gerando energia com uma capacidade instalada em torno de 89,8 GW, sendo 50,5 GW de energia renovável, a companhia de energia atende a 75 milhões de usuários finais ao redor do mundo e contamos com a maior base de clientes entre nossos concorrentes da Europa, além de nos posicionarmos entre as líderes europeias em capacidade de energia instalada.

POR: N9necats

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Categorias
[instagram-feed feed=1]