O estudo é o primeiro realizado no Brasil e traz um panorama sobre o perfil do criador deste formato de conteúdo e como ele pode beneficiar a divulgação de marcas e produtos

Promovido pela YOUPIX, consultoria de negócios para Creator Economy, e a Nice House, hub de entretenimento para a geração Z e especializada em short videos, a pesquisa é a primeira realizada no Brasil trazendo um panorama geral do uso de vídeos curtos no país, por creators, marcas e agências. Além disso, o material também apresenta um mapeamento de quem são as pessoas que criam esse tipo de conteúdo.
 

Focada no mercado que usa short videos para a publicidade, o questionário abrange 427 das 550 respostas recebidas por marcas e agências em diversos meios online. “Analisamos quem usa short videos como forma de publicidade, buscamos entender o que é hype e o que é real por trás do formato mais buscado e comentado de 2022. Estudamos ainda os comentários espontâneos de quem respondeu para entender quais marcas são as mais admiradas por ações com short vídeos e quais são as percepções de mercado”, explica Bia Granja, cofundadora e CCO da YOUPIX.
 

A partir dos resultados obtidos, é possível identificar dois perfis principais: um das marcas que trabalham short vídeos e um de criadores de conteúdo que produzem esse formato de conteúdo. Para as marcas, mais de 70% são do Sudeste, sendo 57% delas no estado de São Paulo e nos mais diversos tamanhos, desde as pequenas, com até 10 funcionários até aquelas com milhares de prestadores de serviço. Para fazer o conteúdo funcionar, 82% das marcas a agências pensam em posts para serem publicados em suas redes e também na do creator contratado, além disso, 63% delas apostam no impulsionamento para que o conteúdo alcance o maior número de pessoas possível.
 

“Conhecer o perfil dos creators que estão atuantes nas plataformas de short video, é algo relevante não apenas para o público que contrata e consome, mas também para percebemos o quanto dinâmicas sociais relacionadas à diversidade, equidade, igualdade, estão sendo reproduzidas ou resolvidas no ambiente digital”, comenta Mari Galindo, co-fundadora da Nice House.
 

Já o perfil dos creators é mais homogêneo e espalhado por todo o país, com a principal variação sendo na remuneração por vídeo. De maneira geral temos homens cis, brancos, entre 18 e 25 anos, atuando entre o TikTok e o Instagram tendo no humor o principal nicho, com 28,7% de aderência, independente do foco de cada rede social. “A temática se posiciona com tanta força nas redes sociais, pois se consolidou em um contexto de pandemia, atuando como escape aos conteúdos mais densos das outras redes sociais”, explica Mari.
 

Entre os creators e as empresas, há a concordância sobre o futuro dos short videos, com interesse de ambos na produção de mais conteúdos nesse formato. Porém, divergem em qual plataforma seguir, os criadores 56,7% preferem o TikTok pelo índice de engajamento e visibilidade, além da facilidade do uso da plataforma.

Já para as empresas o Instagram ainda tem mais peso, principalmente no formato de publi, sendo 86% das contratações nesse formato. “Para o marketing, as escolhas são baseadas em métricas e formatos já conhecidos tendem a ser mais previsíveis e consequentemente seguros, mas com o tempo, os short videos ganharão cada vez mais espaço”, finaliza Vanessa Spirandeo, Gerente de Marketing e Conteúdo da YOUPIX.
 

Para mais detalhes do estudo, acesse o link clicando aqui.
 

Sobre a YOUPIX

Com 16 anos de atuação no mercado, a YOUPIX se tornou o principal hub de conexões e negócios para o mercado de conteúdo e influência digital do país. Sendo a única consultoria voltada Creator Economy na América Latina, a YOUPIX é reconhecida como a maior autoridade na área, fazendo com que seu expertise seja solicitado por todos os stakeholders que atuam no setor. Através de metodologias de consultoria, educação e think tank, a YOUPIX oferece soluções para marcas e criadores identificarem e criarem narrativas – próprias ou compartilhadas – que tenham relevância cultural, impacto e construam negócios. Siga @instayoupix e no Linkedin /youpix.  


Sobre a Nice House 

A Nice surge em 2020, no TikTok, com uma competição para encontrar os maiores talentos desse novo formato, com mais de 30 mil criadores de conteúdo inscritos e mais de 3 milhões de fãs espalhados pelas plataformas de short video. A Nice oferece soluções para marcas que querem se conectar com a geração Z e com o formato vertical, além de programas que oferecem suporte e equipamentos para criadores de conteúdo.

POR: Loures

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário, você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Categorias
[instagram-feed feed=1]